menu
     
     
     
     
     
     
 
  
 
 
Agudos, 22/09/2019, 20:17
menu
Instalações





" O Jardim de Deus continua a dar flores"
“Abençoa, Senhor, esta Casa,
Pois a messe é tão grande, Senhor,
Abençoa o jardim, traze a brasa
Pra queimar nosso peito de amor!”
(Frei Walter Hugo de Almeida OFM)

Fico imaginando o dia 31 de janeiro de 1950 ainda na estação de trem da cidade de Mafra (SC), cidade vizinha de Rio Negro (PR) os primeiros seminaristas com as malas prontas para rumarem em direção ao estado de São Paulo. Foram necessários dois vagões a mais que o normal para transportar a mudança. Quanta ansiedade, sonho, esperança, ideal não passaram pelos corações daqueles 40 jovens e 4 frades. Desafio novo, vida nova, casa nova em construção, tudo novo. Imagino também a chegada em Agudos, a cidade esperando, as autoridades, os frades que já estavam desde os primeiros anos: Frei Rufino Ueter o supervisor da construção, Frei Antônio Boos e Frei Bonifácio Krechel, Frei Cipriano Chardon o primeiro guardião e primeiro reitor do seminário, o “grande” Frei Tadeu Hoennighausen e os outros frades que aqui esperavam as primeiras sementes para o “Jardim de Deus” (título da Poesia de Frei Walter Hugo de Almeida).

1950 Ano Santo, ano 2000 Ano Santo. Cinqüenta anos já se passaram, e o Jardim de Deus continua a dar flores e frutos para a Província, para a Ordem, para a Igreja. São 50 anos de conquistas, de sonhos realizados e a realizarem, de ideais buscados, construídos e a serem construídos.

Mais do que a construção deste edifício de pedras, é a construção da história que continua. A nossa casa de Agudos, deve estar sempre em construção, com o mesmo ânimo, vontade, decisão, luta desde 50 anos atrás, pois o jardim tem que ser regado, adubado, cuidado e cada vez de novo semeado com amor. Nós frades estamos dando continuidade à obra de Frei Rufino, Frei Bonifácio, Frei Cipriano, Frei Tadeu, Frei Onésimo Dreyer, Frei Hildebrando, Frei Reinaldo Müller, Frei Sebastião Ellebracht, Frei Ludovico Gomes de Castro e de tantos outros 197 frades que fizeram história nesta casa e ajudaram a dar continuidade a esta construção. Vocês seminaristas, a razão central da existência desta sementeira também estão fazendo história como os 3000 alunos que por aqui já sonharam, conquistaram, cresceram e aprenderam os primeiros passos do ser frade, do seguimento do evangelho a exemplo do Poverello de Assis.

Gostaria de repetir aqui a mensagem aos seminaristas, que o Ministro Provincial deixou por ocasião dos 25 anos do Seminário de Agudos:

“Não basta torcer por Cristo. É preciso jogar no time d’Ele! Vocês, seminaristas,..., vocês estão querendo entrar nessa seleção. E uma seleção, sabem-no muito bem os aficionados, só se forma e só se vence por muito treino, com muito empenho, em muita luta de aprimoramento. É o que recomendamos a vocês: ideal bem alto – buscar alto, brigar, diria com muita fibra, denodo e galhardia. Lembrem-se da flor, linda, na estrela distante do Pequeno Príncipe... Francisco, jovem, a caminho de Apúlia, correndo ao encalço de algo mais, perguntava: --Senhor, que queres que eu faça? E parte a agir sob o impulso do Espírito. Cultivem, pois, o Ideal de se consagrarem ao Senhor e o imbatível idealismo de perseverarem solidamente, pela sinceridade de jovem e dedicação de jovem” (Frei Antônio Alexandre Nader OFM).

Agradeço a Deus por Ele Ter me dado a graça de morar, conviver e poder ajudar um pouco nesta construção, por poder participar desta história. E que Ele nos ajude a cada vez mais termos o mesmo entusiasmo, confiança, coragem e dedicação, dos 50 anos desta construção viva que é o nosso Seminário!

Frei Marcos Antônio de Andrade OFM

pe
| Voltar |

[Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil] - Copyright © 2011 Franciscanos.org.br
Todos os direitos Reservados.