menu
     
     
     
     
     
     
 
  
 
 
Agudos, 22/09/2019, 20:36


Seminaristas agradecem aos frades e benfeitores
Imagens: Ação de Graças pelos 60 anos de Agudos - 2010
Ação de Graças marca os 60 anos do Seminário
Sessão de Lançamento do Livro “Jardim de Deus”
ENTARDECER DE UMA HISTÓRIA
(fatos marcantes nos 60 ANOS - III )
(fatos marcantes nos 60 ANOS - II )
(fatos marcantes - I )
Jardim de Deus
Sessão solene abre comemoração pelos 60 anos do Seminário
Sua Missão: Seminário e Escola de Ensino médio
Memória dos que fizeram esta história II - Frei Walter Hugo de Almeida
Memória dos que fizeram esta história I - Frei Walter Hugo de Almeida
Central de Encontros - Frei Walter Hugo de Almeida
Jardim de Deus - Frei Walter Hugo de Almeida
Realidade e Recordação - Frei Walter Hugo de Almeida


Sua Missão: Seminário e
Escola de Ensino médio

Por Frei Walter Hugo de Almeida

Como já é conhecido pelo trabalho de Frei Marino Prim, em 1975, a missão do Seminário é bem clara: Ele existe por causa do ideal da Igreja de formar os Religiosos, os Padres de amanhã. Toda esta construção gigante, esta arquitetura maravilhosa e de qualidade, foi idealizada como espaço da sementeira de novos evangelizadores do amanhã, homens franciscanos, na esteira de Francisco de Assis.

O Seminário é este lugar de acolhimento, discernimento e cultivo vocacional; esta perspectiva norteia todo o trabalho e assim todas as atividades são assumidas como possibilidade de Formação. Isto é, o estudo, o trabalho manual, o esporte, a oração, a convivência, o lazer, a cultura e tantas outras atividades que esta casa oferece.

A partir destes referenciais, vem sendo desenvolvido nos últimos anos um processo educacional de Formação integral e integrada, ou seja, a Formação que queremos ou o frade que a Província quer, trata-se de um trabalho iniciado no tempo de acompanhamento vocacional, na base, e enriquecido neste espaço chamado Seminário.

O Estudo ocupa o espaço mais nobre deste período, porém, o mesmo não é compreendido como a realidade estanque de uma sala de aula. O espaço privilegiado desta Casa e a permanência integral dos alunos-seminaristas permitem um trabalho muito diferenciado daquele realizado em tantos colégios, pois esses têm a preocupação excessiva em adestrar seus alunos para concursos, detalhe que sempre foi também a tônica nos trabalhos acadêmicos desta Casa ao longo dos 60 anos de sua existência.

O Seminário oferece, além das atividades letivas, muito mais elementos em seu processo de Educação, por exemplo: prática de coro e orquestra; estudo de instrumento (piano, órgão, violino, viola, violoncelo, flauta, clarrinete e violão erudito e popular ). Audições, concertos, recitais, intercâmbios com outros coros e orquestras; festivais de música; teatro; edição da revista O Cruzado; Noites Cancioneiras (saraus de Poesia); Feira de Conhecimentos; Semana cultural (palestras, shows, concertos, workshops, teatros) e outras coisas mais: serviço de encadernação; expediente em serviço de biblioteca; olimpíadas, jogos de integração, torneios (natação e salto ornamental); atletismo, xadrez, tênis de mesa e outras modalidades; prática esportiva em geral. E outros elementos mais: Reflexões bíblicas extra-currículo; exercício da Sagrada Liturgia; retiros espirituais; passeios de integração; atividades apostólicas nas paróquias vizinhas. Sem falar ainda do cultivo dos jardins do Seminário, das folhagens das alamedas; do cuidado das árvores frutíferas.

E além destas atividades, realizadas numa perspectiva pedagógica, a grade curricular também se privilegia: estudo da Língua Portuguesa (Gramática, Literatura, Redação, Retórica); Línguas Clássicas: Latim e Grego; Língua Moderna: Inglês; Formação Musical: Teoria, Solfejo e evolução da Música; Filosofia; A História Geral é integrada. Formação Franciscana, Religiosa e Humana. Nas áreas científicas, há uma contextualização maior dos conteúdos, através do uso dos laboratórios e do Museu escolar. Na área da Biologia, há um enfoque para as questões ecológicas. A Geografia é lecionada com análise das políticas sociais e econômicas.

O Seminário Santo Antônio é um Jardim de Deus, onde se cultivam essas vocações para atuar no Reino de Deus. Formadores, Orientadores, Professores, Irmãs Franciscanas, Leigos, funcionários; todos nós, idealistas, aqui nos dedicamos com a mesma finalidade: formar novos missionários do Reino de Deus, inspirados nessa Espiritualidade Franciscana, de 800 anos de história.

O Seminário de Agudos chegou aqui nestas paragens, vindo de Rio Negro, em 1950, e tem feito história: Sessenta Anos de Presença viva e frutuosa, para a Província, cidade, para a Diocese de Bauru, para a Igreja do Brasil.

O Seminário se privilegia de uma invejável estrutura: salas bem adequadas para as aulas; salas de estudo; sala para línguas; sala de Informática; sala de Química e Física; rica biblioteca informatizada; sala de Música e de instrumentos musicais; salas de reunião; sala de professores; campos esportivos de futebol, de basquete, etc.; piscina olímpica.

Além da monumental construção, oferece um Museu Escolar – na linha da Teoria da Evolução – sumamente didático, organizado com inteligência e com o zelo do Frei Gregório Johnscher, de saudosa memória. Inúmero contingente de pessoas o visita, durante o ano. O Seminário ainda é espaço de aprazível e sadio lazer, pela sua bela natureza; seus bosques amenos, onde se pode, à base de agendamento, permanecer, para refazerem-se as forças físicas e espirituais. É muito procurado.

O Seminário não é apenas uma Casa de Formação Religiosa, é um ambiente cativante para turismo religioso da região. Sua construção e paisagem são atraentes para pessoas da cidade de Agudos e da redondeza. É também considerado no Plano do Circuito Turístico do Centro Oeste Paulista.

O Seminário está, atualmente, aberto para receber eventuais grupos que queiram utilizar de algumas de nossas dependências, para determinadas reuniões, etc. Contanto que se aceitem as condições exigidas, pois se tem em vista ainda um objetivo específico na permanência.

Fazenda Santo Antônio

Fator importante é a Fazenda Santo Antônio, no espaço da qual o Seminário foi construído. Quando se pensou estabelecer em Agudos o Seminário, sonhava-se esta segurança: um terreno que pudesse oferecer oportunidade de sustentar, manter a vida do seminário.
E isto aconteceu: após sessenta anos, ainda a Fazenda contribui na sustentação da Casa: - carne bovina e suína, leite, frutas, mel, lenha para caldeira, etc. Há criação de uma certa boiada nelore, porcos e, também vacas leiteiras para o gasto do seminário e para os diversos encontros.

Na década de 40, foi que se fizeram as transações, e a Família Barros vendeu, a preço módico, a gigantesca fazenda, hoje viva. E ela fez história.

A sede da Fazenda até foi espaço para a primeira fraternidade de frades pioneiros. Viveu os dias vitoriosos do Café, do gado de corte e de leite; da granja, da criação de porcos; dos tempos saudosos do pomar, pleno de variados frutos, e da alvissareira apicultura, sobretudo da época do Frei Danilo Dalpubel, e outros. Não podemos esquecer o zelo e a praticidade de um Frei Barnabé Lima, frente àquele pomar, com aquele seu empenho constante, para sempre mantê-lo vivo. Lembramos a administração feliz e sábia de Frei Francisco Tomazi e Frei Lauro Formigoni; Frei Osmar Dalazen e Frei Leonir Ansolin em sempre fazerem da Fazenda aquele primor dos áureos tempos de sua madrugada. E isto conseguem. E por que não recordar Frei Pedro Engel, como um homem pra toda obra? Pra toda a hora?... Um trator de atividades? Em vinte e seis anos, deu a vida pela causa rural de Agudos. Povoam em minha memória muitos outros que deram sua vida, seu sangue, em prol desta Fazenda Santo Antônio.

Até hoje, ali estão as casas – moradias dos funcionários, a Igreja – Capela bem construída, e espaço para celebrações, ainda que poucas (uma vez por mês). E o que é impressionante, como tudo foi bem pensado: toda a estrutura básica de uma fazenda foi pensada, realizada, e funcionou; ainda está funcionando, posso dizer, sem muitas precariedades, apesar do tempo.

Fraternidade do Seminário

No passado, uma fraternidade de muitos frades, pois comportava também o Ensino Fundamental e os candidatos eram mais numerosos. Hoje, com 19 frades apenas. O Seminário e a Fazenda - além de sua missão, em favor do Seminário e das duas paróquias - abrigam também confrades idosos e enfermos, com dois enfermeiros, e a colaboração dos frades e seminaristas. Atualmente merecem cuidados especiais: Frei Rainério Soares da Silva, Frei Filipe Schneider, Frei Mário Brunetta.

A fraternidade existe por causa do Seminário. Durante o ano, além do compromisso com o ensino e a formação, a Casa atende os inúmeros encontros, dado que se tornou também, como é sabido, um lugar de Encontros, de Retiros, para servir a Igreja e a sociedade.
Tudo isso veio, devido ao grande espaço, à estrutura, que se tornaram num grande vazio e de difícil conservação, manutenção. Lembramos ainda a diminuição, ultimamente, do número de candidatos.

A fraternidade caminha num ritmo bom, todos os segmentos bem entrosados. Não há dúvida que a manutenção, conservação da Casa sempre trouxeram e trazem preocupação, pois o patrimônio é gigante e foi conseguido com muito suor, dedicação.

Atividades Apostólicas

Nunca, em sua história, o Seminário esteve afastado do apostolado, da pastoral da cidade e redondeza. A cidade e região registram trabalhos e obras meritórias, em cuja frente estiveram os frades do Seminário: em Agudos, em Lençóis Paulista, em Bauru, etc. Apesar dos compromissos com o Ensino e a Formação no Seminário, os frades sempre encontraram tempo para anunciar o Evangelho, dar assistência às paróquias. E o Povo de Deus é grato por isso! Agudos, por exemplo, enche a boca de orgulho, ao falar e explanar para todos sobre a presença do Seminário em seu Município: é um Cartão Postal da Cidade!

Todos nós, frades, estamos conscientes disto, e buscamos corresponder ao carinho do povo de Agudos e da redondeza! Há um relacionamento feliz, muita harmonia de ambas as partes.
Que Nossa Mãe Imaculada, juntamente ao nosso Padroeiro, Santo Antônio, conduza o futuro desta Casa, abençoando o Governo da Província, nas decisões vindouras.

pe
| Voltar |

[Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil] - Copyright © 2011 Franciscanos.org.br
Todos os direitos Reservados.